DBM Sistemas integra BI em seu ERP que ajuda clientes a entender as nuances do mercado

erprwdigital

Tecnologia de BI faz empresas descobrirem dores do mercado e criarem soluções inovadoras. A utilização do SuperBI permite que os usuários descubram as dores do mercado e respondam de forma estratégica, gerando melhores decisões para o negócio

Cada vez mais as empresas estão apostando na cultura de inovação tecnológica e ampliação do acesso a dados para fazer escolhas mais inteligentes. A DBM Sistemas, referência em softwares de gestão empresarial (ERP), é uma delas.

Há seis anos, percebeu que precisava associar recursos analíticos ao ERP para atender aos clientes com mais agilidade, para estes se posicionarem melhor diante do mercado. Foi quando, em 2018, contratou o SuperBI, conjunto de ferramentas de Business Intelligence (BI) desenvolvido pela BXBsoft. Desde então vem colhendo os louros dessa decisão.

Além disso, o uso do BI gera a possibilidade de os gestores tomarem decisões mais assertivas e transparentes, estipular prioridades na gestão, descobrir gargalos e definir os índices de desempenho (KPIs) 

O Business Intelligence interligado ao ERP garante que os usuários façam escolhas e decisões baseadas em informações sólidas. Os impactos dessa automação já são sentidos pelas empresas que a DBM Sistemas atende – no portfólio inclui indústria, comércio exterior, incorporações, serviços, atacado e distribuição, construções e projetos e varejo.

Antes do SuperBI, a DBM utilizava ferramentas isoladas para a gestão operacional dos clientes, com desencontros de informações e sem orientações nas decisões. Com a solução, a análise dos indicadores de desempenho é feita como um todo ou individual, para cada setor, de maneira mais prática e segura.

“Antes os relatórios levavam, em média, cinco dias para serem produzidos. Eram feitos manualmente, por meio de planilhas, que demandavam tempo e até mais funcionários. Hoje são feitos em 15 minutos. Existem aí vários ganhos, como economia de tempo, aumento da produtividade e eficiência no processo de trabalho”, afirma Daniel Arrais, responsável por Assuntos Estratégicos da DBM Sistemas.

Além disso, o uso do BI gera a possibilidade de os gestores tomarem decisões mais assertivas e transparentes, estipular prioridades na gestão, descobrir gargalos e definir os índices de desempenho (KPIs). Porém, Antonio Carlos Debone, diretor da DBM Sistemas, lembra que só se alcança um resultado esperado quando existe capital humano no processo.

“É importante que tenha alguém com visão de negócios, que avalie as dores do mercado para estabelecer os melhores índices-chaves de desempenho. Esse monitoramento ajuda a empresa a identificar os avanços em relação às metas, o posicionamento e a reagir rapidamente às situações críticas com ações de melhoria”, reforça.

Outra vantagem é que, além da ampla visão dos indicadores sobre o desempenho do negócio, as informações geradas são visualizadas e analisadas de forma simples e eficiente.

“Antes, se o cliente pedisse um relatório, até mesmo simples, de como anda a empresa, demandaria tempo e precisaria estar em um único computador. Com o SuperBI, ele passa a ter essa informação em qualquer lugar, em tempo real, de maneira inteligente e intuitiva”, reforça Daniel.

Novas ações
Em poucos meses, a DBM Sistemas poderá habilitar no ERP dos usuários o Open Finance (compartilhamento de dados de clientes entre instituições financeiras), o que significa mais desburocratização de soluções bancárias e maiores condições para os clientes. “Eles poderão fazer consultas de extratos bancários, automatizar contas a pagar, registrar e liquidar boletos, efetivar PIX, tudo dentro do próprio ERP”, encerra o diretor.

Parceria com a DBM: na foto, os profissionais da SuperBI e da DBM em registro de 2016

Serviço
dbmsistemas.com

via: inforchannel